... aqueles que acreditam na forma ...

sábado, 3 de julho de 2010

Carta de apoio ao MOVIMENTO dos Professores da Rede Municipal de Goiânia

Os professores da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás vêm a público manifestar APOIO AO MOVIMENTO DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE GOIÂNIA.
O movimento dos professores da Rede Municipal, que perdura há mais de um mês, reivindica a implantação do Piso Salarial Profissional Nacional para os Professores (PSPN), conforme a Lei Federal nº. 11.738 de 2008 e envolve outras questões significativas para a construção de uma educação pública de qualidade como a formação e profissionalização docente e a melhoria nas condições de trabalho.  
Sabemos que a qualidade da educação demanda, necessariamente, a valorização de seus profissionais, que implica formação qualificada, condições de trabalho, plano de carreira e vencimentos dignos. No entanto, a atual administração do Município, iniciada em 2005, além de retirar vários direitos conquistados pela categoria e diminuir o percentual investido em educação de 30% para 25% do orçamento da prefeitura, não investe no diálogo com a categoria e reage ao movimento com truculência, conforme episódio do dia 19 de junho, em que professores foram agredidos fisicamente.
Dessa forma, a Faculdade de Educação da UFG, instituição pública de formação de professores, defende o diálogo, reprova qualquer tipo de violência e posiciona-se em defesa do movimento dos profissionais da educação da Rede Municipal de Goiânia e a aprovação e a sanção do Projeto de Lei Nº. 17/2010, cujas alterações solicitadas visam implantar o Piso Salarial. 


Faculdade de Educação da UFG
22/06/2010